Skip to main content

Poder juvenil: Agenda nacional de juventudes

Colombia

Projeto apoiado pelo
Fundo para Organizações

Jovens têm voz nas eleições presidenciais de 2022

Objetivo

O projeto busca visibilizar e posicionar a agenda nacional dos jovens nas eleições presidenciais colombianas de 2022, bem como promover o voto juvenil e a inclusão dessa agenda no Plano Nacional de Desenvolvimento 2023-2026.

Duração do projeto
18 meses
Organização

Contexto

Os jovens na Colômbia representam 26,1% da população total do país (11,5 milhões), no entanto, são excluídos da agenda nacional de investimento público, vistos como um problema e não como agentes de mudança, atores-chave, propositores, corresponsáveis e protagonistas no desenvolvimento do país e da região. Como consequência, aprofundam-se as barreiras de acesso a seus direitos e não são formuladas políticas públicas que priorizem seus interesses e necessidades.

Caminho de ação

Realizar consultas e grupos de trabalho com lideranças, movimentos juvenis e grupos significativos de jovens em diferentes regiões do país, para a construção de uma agenda nacional da juventude; transferir o debate eleitoral da capital do país para regiões historicamente excluídas e tornar visível a importância do voto jovem por meio de estratégias de comunicação lideradas por grupos de comunicação juvenis e pela mídia.

Plano de ação

  • Laboratórios de democracia: Serão realizadas 6 conversas virtuais de capacitação com especialistas, influenciadores e lideranças juvenis para promover o debate e o diálogo sobre os interesses, preocupações e propostas dos jovens diante do processo eleitoral.
  • Diálogos de acordo: 5 mesas virtuais (uma por região do país) 9 mesas presenciais em Cartagena, Medellín, Cali, Pasto, Bogotá, Cúcuta, Montería, Sincelejo e Guajira e uma mesa nacional para a construção da agenda nacional da juventude.
  • Pacto com candidatos presidenciais: Um evento de subscrição pública da Agenda Nacional da Juventude com Candidatos à Presidência da República em que se comprometem caso sejam eleitos para incluir a Agenda no Plano Nacional de Desenvolvimento.
  • Voto jovem: Construção de uma campanha midiática que posicione o voto jovem e a avaliação dos programas governamentais frente à oferta juvenil.
  • Mesas de trabalho: Diálogo com o presidente eleito e seu gabinete de governo para garantir a inclusão da agenda da juventude no Plano Nacional de Desenvolvimento.